Tamanho do texto

As exportações de calçados caíram 6,1% de janeiro a outubro deste ano em relação a igual período de 2007, para 139,9 milhões de pares, informou hoje a Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados). A queda de 25,6% nos embarques para os Estados Unidos, principal mercado comprador do sapato brasileiro, foi apontada pela Abicalçados como causa da desaceleração das exportações nos dez primeiros meses do ano.

Em faturamento, as vendas ao exterior no período encolheram 0,6%, para US$ 1,6 bilhão.

Apenas em outubro, a queda foi de 25,5%, com o embarque de 12,3 milhões de pares, ante 16,5 milhões do mesmo mês do ano passado. A receita com as exportações no mês passado atingiu US$ 148 milhões, valor 8,2% inferior a outubro de 2007. O vice-presidente da Abicalçados, Ricardo Wirth, afirma que o setor está "preocupado" com o desempenho geral do setor a partir do próximo ano, a persistir a redução de demanda dos principais compradores e a elevação da entrada de calçados em território nacional.

Segundo a entidade, as importações cresceram 49,9% nos dez primeiros meses do ano, totalizando o desembarque de 34,1 milhões de pares. A China respondeu por 71,8% das compras externas de sapato do Brasil, com 29,3 milhões de pares, seguido pelo Vietnã, com 1,8 milhões de pares.