Tamanho do texto

São Paulo, 7 abr (EFE).- O Brasil exportou 7,3 milhões de sacas de 60 quilos de café no primeiro trimestre do ano, 2% a menos do que no mesmo período do ano passado segundo o Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé).

São Paulo, 7 abr (EFE).- O Brasil exportou 7,3 milhões de sacas de 60 quilos de café no primeiro trimestre do ano, 2% a menos do que no mesmo período do ano passado segundo o Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé). Apesar da redução do volume exportado, o faturamento com as vendas externas cresceu 13%, até US$ 1,163 bilhão. O diretor-geral do Cecafé, Guilherme Braga, manifestou que o bom resultado em termos de faturamento se deve "à recuperação dos preços internacionais" do grão. Em março, foram exportados 2,6 milhões de sacas por US$ 412,5 milhões. O café do tipo arábica tem 89% de participação nas exportações brasileiras, enquanto o solúvel representa 10% e o robusta, 1%. Os grandes mercados do café brasileiro reduziram suas compras no primeiro trimestre, com exceção dos Estados Unidos, que importou 4,6% mais, segundo o Cecafé. Entre janeiro e março, o maior comprador foi a Alemanha, com 1,4 milhão de sacas, seguido pelos EUA (1,2 milhão), Itália (700.409), Japão (536.096), Bélgica (514.170) e Espanha (205.352). EFE wgm/bba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.