Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Exportação de carne suína cai 12,7% em 2008, diz Abipecs

SÃO PAULO (Reuters) - As exportações de carne suína do Brasil em 2008 atingiram 529,41 mil toneladas, queda de 12,71 por cento ante o recorde de 606,51 mil toneladas embarcadas em 2007, informou a Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína (Abipecs) nesta terça-feira. Entretanto, em valores houve um crescimento de 20 por cento, de 1,23 bilhão de dólares em 2007 para 1,48 bilhão no ano passado, devido aos preços altos obtidos durante o ano. O valor das vendas externas foi recorde, segundo a entidade.

Reuters |

Segundo comunicado da Abipecs, a redução das vendas externas em volume "se deve ao bom desempenho do mercado interno, onde houve uma ampliação do consumo em 2008, e à queda das exportações nos dois últimos meses do ano passado".

Em dezembro de 2008, as exportações brasileiras de carne suína foram de 31,08 mil toneladas, menos da metade do volume vendido ao exterior no mesmo período de 2007, que totalizou 63 mil toneladas.

"A crise financeira global afetou fortemente importantes mercados", explicou Pedro de Camargo Neto, presidente da Abipecs.

As exportações para a Rússia, principal cliente, foram de apenas 11,85 mil toneladas em dezembro de 2008, ante 36,62 mil em dezembro de 2007. Em 2008, as vendas para o país totalizaram 225,79 mil toneladas, ou 741,52 milhões de dólares, uma queda de 18,99 por cento em volume e de 11,08 por cento em valor ante igual período de 2007.

"A crise financeira, com retração do consumo em alguns países, torna ainda mais urgente a necessidade de abertura de novos mercados", completou Camargo Neto. A Abipecs aposta em 2009 na possibilidade de abertura dos mercados da China, dos Estados Unidos, da União Européia e do Japão.

(Por Camila Moreira)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG