Brasília - O secretário do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), Ed Schafer, disse nesta terça-feira por telefone ao ministro da Agricultura brasileiro, Reinhold Stephanes, que as exportações de carne industrializada do Brasil para o mercado norte-americano foram normalizadas. A inspeção está completa, os oficiais têm trabalhado com sucesso e os embarques já estão ocorrendo, comunicou o chefe do USDA. No mês passado, as exportações foram suspensas temporariamente por causa de diferenças nas metodologias nos sistemas de produção dos frigoríficos. O comércio foi restabelecido no começo deste mês.

Em nota, o Ministério da Agricultura do Brasil informou que, após o restabelecimento do comércio de carne bovina processada, Brasil e Estados Unidos comemoram os entendimentos na área sanitária. Stephanes afirmou estar contente com os resultados das negociações. "Estamos ainda mais satisfeitos em atender um mercado tão exigente. Isso é importante para que o Brasil esteja preparado para qualquer outro mercado", afirmou.

Ainda sobre a maneira como os serviços oficiais trabalharam para reaver o comércio, Schafer afirmou que "é um exemplo de como dois países podem trabalhar juntos em um acordo bilateral para melhorar a relação nas importações e exportações".

O ministro brasileiro disse esperar agora que as discussões sobre a análise de risco para carnes in natura sejam concluídas em breve. Esta semana, técnicos do Ministério e do USDA estão reunidos em Washington (EUA) para tratar da exportação brasileira de carnes bovina, suína e de aves fresca. O encontro é uma continuação dos trabalhos iniciados pelos dois países no Comitê Consultivo Agrícola (CCA), em maio deste ano, em Brasília.

Leia mais sobre exportação

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.