São Paulo, 12 - As exportações brasileiras de carne bovina registraram no mês de janeiro uma receita de US$ 255,68 milhões, uma queda de 45% em relação a janeiro do ano passado. Em volume, as vendas do mês passado somaram 81,81 mil toneladas, uma retração de 34% sobre igual mês de 2008.

Os dados foram divulgados hoje pela Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec).

De acordo com o diretor executivo da Abiec, Otávio Cançado, parte desta retração se deve aos efeitos da crise financeira mundial, que restringiu a oferta de crédito, tanto para os exportadores como para os importadores. Ele lembra, no entanto, que em janeiro do ano passado tanto o volume quanto a receita das exportações foram atípicas. "Neste período existia a expectativa do embargo feito pela União Europeia e por este motivo as empresas anteciparam suas vendas".

Apesar da retração em relação a igual período do ano passado, o executivo destaca a retomada das compras de alguns importantes clientes. A Rússia, por exemplo, aumentou em 50% o volume importado do Brasil em janeiro, comparativamente a dezembro do ano passado. No mês passado as vendas para o mercado russo somaram 16 mil toneladas, ante as 10,7 mil registradas em dezembro de 2008. As vendas para a Holanda, que é a porta de entrada da carne bovina brasileira no mercado europeu, o volume cresceu 66% e atingiu 768 toneladas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.