Pequim, 1º mai (EFE).- A Expo Xangai 2010 abriu oficialmente hoje suas portas com uma grande expectativa de público, que desde o começo da manhã formava longas filas para entrar nos pavilhões.

Pequim, 1º mai (EFE).- A Expo Xangai 2010 abriu oficialmente hoje suas portas com uma grande expectativa de público, que desde o começo da manhã formava longas filas para entrar nos pavilhões. O presidente da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês (CCPPCh) e 'número quatro' da hierarquia comunista, Jia Qinglin, e o presidente do Escritório Internacional de Exposições (BLR), Jean-Pierre Lafon, presidiram a cerimônia realizada nesta manhã na entrada do recinto, que fica às margens do rio Huangpu. Ambos apertaram o botão que abriu o acesso aos 5,28 quilômetros quadrados da Expo Xangai 2010, a maior Exposição Mundial da história, que começa com mais de 300 mil ingressos vendidos apenas para o dia de hoje. A Expo deste ano quer "refletir a cristalização do conhecimento na construção urbana e a visão de uma vida futura melhor", assegurou Jia em seu discurso. A organização do evento prevê receber 70 milhões de visitantes durante seus seis meses de atividades. EFE gmp/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.