Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Explosão de oleoduto da Nigéria suspende parcialmente a produção de petróleo

Uma explosão de origem aparentemente criminosa danificou nesta quinta-feira um importante oleoduto administrado pela Agip, filial nigeriana do grupo italiano Eni, no sul da Nigéria, de a produção teve de ser parcialmente interrompida.

AFP |

Uma fonte local assinalou que um grupo de jovens revoltados da comunidade Ijaw foi o autor da explosão para protestar contra a negligência sofrida por sua coletividade.

Em Milão, o grupo Eni indicou que uma súbita queda da pressão em dois dos oleodutos que opera no sul do país ocasionou uma redução de 47.000 barris de petróleo por dia, mas disse ainda desconhecer o motivo.

A violência, as sabotagens e os seqüestros se multiplicaram nos últimos dois anos no sul d Nigéria, país rico em petróleo, e privaram o país de um quarto de sua produção petroleira desde janeiro de 2006. A produção de petróleo é atualmente inferior aos dois milhões de b/d, quando então chegava a 2,5 milhões de b/d.

joa/lbc/cn

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG