Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Expectativas inflacionárias estão ancoradas, diz BCE

MADRI (Reuters) - O Banco Central Europeu (BCE) ancorou as expectativas de inflação, o que garantiu a autoridade monetária reduzir a taxa de juro nos últimos dois meses, afirmou Jose Manuel Gonzalez-Paramo, membro da diretoria do BCE, em artigo publicado na imprensa nesta quarta-feira. A economia da zona do euro ainda tem que sentir o impacto completo do corte de 175 pontos-base da taxa de juro e as futuras decisões de política monetária serão tomadas com base na estabilidade dos preços, disse Gonzalez-Paramo em um artigo no jornal espanhol Expansion.

Reuters |

"Esta margem de manobra, que é sempre necessária a todo momento, foi criado por meio de uma sólida ancoragem das expectativas de inflação no médio prazo", escreveu Gonzalez-Paramo.

O BCE vai continuar definindo sua política monetária "orientada pela credibilidade do banco em garantir a estabilidade de preços no médio prazo", disse.

A próxima reunião do BCE para discutir sua política de juro acontece em 15 de janeiro. Os mercados precificam um corte de 50 pontos-base na taxa básica de juro, atualmente em 2,5 por cento. Alguns investidores apostam num corte de 0,75 ponto percentual da taxa depois de corte desta magnitude em dezembro.

(Reportagem de Andrew Hay e Paul Day)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG