Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Expectativa de pacote elevou bolsas internacionais na sexta-feira

SÃO PAULO - Os dados americanos de emprego pioraram mas, pela primeira vez desde o agravamento da crise, a notícia despertou esperança e não tensão. Os investidores acreditam que a gravidade do indicador funcione como um elemento de pressão para que o Congresso dos EUA aprove com rapidez não só o plano de incentivo fiscal, que está em andamento no Senado, como o novo pacote de resgate do setor bancário.

Valor Online |

O Dow Jones fechou com alta de 2,70%, em 8.280 pontos. O Standard & Poor´s 500 avançou 2,69%, para 868 pontos, e o índice da Nasdaq subiu 2,94% para a marca de 1.591 pontos.

Os dados do Departamento de Trabalho dos EUA mostraram que o número de vagas eliminadas em janeiro nos Estados Unidos foi o mais expressivo desde o fim de 1974, com 598 mil postos a menos. A taxa de desemprego foi a 7,6%, a mais alta desde setembro de 1992. As ações do Bank of America subiram 25,62% (US$ 6,08) e as do JP Morgan ganharam 5,21% (US$ 21,39).

As bolsas europeias também subiram. Em Londres, houve alta de 1,49%; em Frankfurt, o DAX avançou 2,97%.

(Valor Econômico, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG