Produto Interno Bruto avançou a uma taxa anualizada de 3%, informou o Departamento de Comércio; projeção apontava alta de 3,2%

A economia dos Estados Unidos cresceu em um ritmo ligeiramente menor que o anteriormente estimado no primeiro trimestre, em meio a uma fraqueza do investimento empresarial e do maior corte de gastos do Estado e de governos locais desde 1981.

O Produto Interno Bruto (PIB) avançou a uma taxa anualizada de 3%, informou o Departamento de Comércio nesta quinta-feira. A leitura preliminar apontava 3,2%.

Analistas consultados pela Reuters previam um crescimento de 3,4%. No quarto trimestre, a expansão anualizada foi de 5,6%. Assim, a economia norte-americana marcou no primeiro trimestre o terceiro trimestre seguido de avanço.

A revisão do PIB ocorreu após o gasto do empresário ser revisto para alta de 3,1% no primeiro trimestre, ante dado preliminar de 4,1%. No quarto trimestre, houve alta de 5,3%.

O gasto do Estado e de governos locais caiu 3,9%, a maior queda desde o segundo trimestre de 1981.

Já o gasto do consumidor foi revisto ligeiramente para cima, para elevação de 3,5%, ante leitura preliminar de 3,6%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.