SÃO PAULO - A economia da Índia deve crescer 7,1% no ano fiscal até março, o menor ritmo de expansão em seis anos, projeta o governo do país. No ano fiscal antecedente, a economia indiana avançou 9%.

A perda de dinamismo estaria relacionada com a queda nas exportações e redução na demanda doméstica.

Na semana passada, o ministério do Trabalho da Índia avisou que 500 mil indianos perderam seus empregos entre outubro e dezembro. Setores exportadores como gemas, automobilístico e têxtil foram os mais afetados.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.