Epargne renunciam - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Executivos do grupo bancário francês Caisse d Epargne renunciam

Paris, 19 out (EFE).- Três executivos da Caisse dEpargne renunciaram hoje depois que o grupo bancário que reúne as cadernetas de poupança francesas reconheceu na última sexta-feira ter sofrido uma perda de aproximadamente 600 milhões de euros por um incidente de mercado.

EFE |

O presidente da Caisse d'Epargne, Charles Milhaud, o diretor-geral, Nicolas Mérindol, e o responsável financeiro, Julien Carmona, apresentaram sua renúncia em reunião do conselho de vigilância convocada em caráter excepcional para tratar das conseqüências destes prejuízos.

Milhaud, em entrevista publicada pelo "Le Journal du Dimanche", afirmou que se sentia "responsável" por este "incidente" que considerou "grave" e que o afeta "profundamente".

As renúncias nos órgãos de direção da entidade se dão após o presidente francês, Nicolas Sarkozy, e outros membros do Governo pedirem aos responsáveis da Caisse d'Epargne que assumissem suas responsabilidades.EFE ac/ab/fal

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG