Tamanho do texto

Bruxelas, 30 set (EFE).- O executivo-chefe do grupo financeiro franco-belga Dexia, Axel Miller, e o presidente do conselho de administração, Pierre Richard, renunciaram aos seus cargos, segundo informação da agência Belga.

O conselho aceitou a renúncia, mas pediu a ambos que assegurem a gestão dos assuntos correntes da entidade até que sejam nomeados seus sucessores.

Bélgica, França e Luxemburgo anunciaram hoje que injetarão 6,4 bilhões de euros no banco Dexia no marco de uma ampliação de capital que tenta solucionar seus problemas de solvência e restaurar a confiança dos investidores.

A cotação de seus títulos permanece suspensa nas bolsas de Paris e Bruxelas à espera de informação mais detalhada sobre a operação.

A entidade franco-belga, especializada no financiamento para pessoas locais, desabou nesta segunda-feira, com uma queda de quase 30%. EFE vl/fh