Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Ex-dono da Parmalat é condenado a 10 anos

Juízes de Milão, na Itália, condenaram o fundador da Parmalat, Calisto Tanzi, a 10 anos de prisão, no primeiro veredicto emitido depois que a empresa de laticínios italiana faliu, há cinco anos, na maior quebra corporativa da Europa. Tanzi estava entre os oito ex-executivos e banqueiros acusados de manipular o mercado, enganar os órgãos reguladores e fornecer falsas informações.

Agência Estado |

Os outros acusados foram absolvidos.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG