A possibilidade de uma recessão mundial pode ser evitada com um plano coordenado para devolver a confiança aos mercados, destruída pela crise dos créditos hipotecários de alto risco nos Estados Unidos, declarou em Manila o ex-diretor do Fundo Monetário Internacional (FMI), Michel Camdessus.

O ex-diretor considera que é possível esperar uma situação melhor antes do fim de 2009, caso os dirigentes mundiais consigam coordenar suas ações.

"Para evitar uma nova crise, é evidente que é necessário ampliar os poderes e o campo de competência do FMI às transações financeiras, ao invés de limitá-lo à questão das divisas e à supervisão da balança de pagamentos dos Estados", declarou.

cgm/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.