O ex-diretor-executivo da seguradora AIG Hank Greenberg quer comprar os ativos que o grupo venderá para pagar o crédito gigantesco concedido pelas autoridades americanas, revela o site do Wall Street Journal nesta terça-feira.

"O grupo começou a quebrar ao vender ativos para transações sem transparência e sem dar a possibilidade a diferentes compradores de participar", escreve Greenberg em uma carta ao novo diretor da seguradora, Edward Liddy, publicada pelo site do Wall Street Journal.

"Quero pedir formalmente a possibilidade de apresentar uma oferta para qualquer ativo que o grupo queira vender", destacou Greenberg, que dirigiu a AIG durante cerca de 40 anos.

A AIG foi salva recentemente da falência por um empréstimo do Federal Reserve de 85 bilhões de dólares.

gmo/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.