Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Excesso de minério de ferro na China desaparece, preço sobe--BHP

Por James Regan SYDNEY (Reuters) - A grande quantidade de estoques de minério de ferro na China, que levou fornecedores a alterar planos de entrega de milhões de toneladas da commodity no ano passado, está acabando, o que está impulsionando os preços no mercado à vista, informou a mineradora australiana BHP Billiton nesta quarta-feira.

Reuters |

Cerca de 68 milhões de toneladas de minério estavam empilhadas nos portos chineses até novembro, e outras 125 milhões de toneladas estavam armazenadas em siderúrgicas, segundo estimativas de analistas.

O excesso nos estoques levou a BHP, maior mineradora diversificada do mundo, a retardar a entrega de 6 milhões de toneladas de minério de ferro, ou cerca de 5 por cento de sua produção anual, acabando por vender o produto com desconto no mercado à vista, algo que pressionou ainda mais os preços.

Como resultado da queda nos estoques da China agora, os preços no mercado à vista do minério se recuperaram para 10 ou 15 por cento do valor do preço de contrato do ano passado, afirmou o presidente-executivo da BHP, Marius Kloppers.

"A desestocagem está basicamente concluída", disse Kloppers, depois que a BHP divulgou aumento de 2,2 por cento no lucro do primeiro semestre, para 6,13 bilhões de dólares, antes de baixas contáveis, que reduziram o lucro líquido para 2,62 bilhões de dólares.

O minério de ferro gerou quase um quinto da receita da companhia no primeiro semestre e 4,14 bilhões de dólares em lucros antes de impostos e juros.

Siderúrgicas chinesas e do Japão estão negociando com as mineradoras Vale, Rio Tinto e BHP para definir o preço do contrato anual de minério de ferro. As siderúrgicas querem corte de cerca de 45 por cento no preço, baseadas, em parte, na acentuada queda nos preços do mercado à vista no ano passado.

O minério de ferro no mercado à vista chegou a ser vendido por até 197 dólares a tonelada em um determinado momento de 2008, perto do dobro do valor do contrato de longo prazo que é válido até 31 de março, antes de recuarem rapidamente com o esvaziamento da demanda.

Kloppers afirmou que espera que a produção de minério de ferro da BHP no primeiro semestre se mantenha na segunda metade do ano, totalizando 130 milhões de toneladas em 2009.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG