Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Europeus do Lehman Brothers reivindicam US$ 8 bi

Londres, 20 set (EFE).- Os administradores dos negócios europeus do Lehman Brothers reivindicaram a devolução de US$ 8 bilhões que o banco transferiu à companhia holding nos Estados Unidos antes de o grupo se declarar quebrado.

EFE |

Tony Lombadas, sócio de Pricewaterhousecoopers, colocado à frente da administração do Lehman em Londres, disse que a transferência desse dinheiro a Nova York poucos dias antes da quebra não era suspeita, embora não queira descartar nada, segundo informa hoje o jornal "Financial Times".

"É preciso seguir investigando porque se trata de uma soma muito alta. Mas é simples demais dizer que os US$ 8 bilhões foram tirados de Londres e colocados em Nova York. O banco (Lehman Europa) pôs seu dinheiro no holding. Cerca de US$ 8 bilhões saíram de Londres e foram para Nova York. É normal que reivindiquemos", afirmou.

Essa reivindicação, que deve ser apoiada pelos 4.500 empregados do Lehman em Londres que ficaram sem emprego, representa um endurecimento da postura dos administradores. EFE jr/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG