Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Européias temem competição desigual e pedem US$ 52 bi

As montadoras européias temem que o pacote americano crie condições desiguais de concorrência no mundo e pedem também um plano de ajuda para os próximos anos. As principais críticas vêm de políticos alemães e de empresas como a Renault, Fiat e Peugeot.

Agência Estado |

 

As montadores européias querem um pacote ainda maior, de US$ 52 bilhões em empréstimos com juros baixos. A medida seria usada para incentivar a troca da frota por veículos ambientalmente mais adequados e com consumo menor de combustível.

Tanto a Fiat como as francesas Peugeot-Citroën e Renault alertam que o pacote americano dificultará suas capacidades de competir em terceiros mercados e mesmo em suas vendas nos EUA.

Na Organização Mundial do Comércio (OMC), o presidente da Comissão Européia, José Manuel Barroso, já alertou que poderá levar o caso aos tribunais internacionais. O temor é de que o pacote crie condições para que as empresas dos EUA venda carros mais baratos que as européias.

Leia mais sobre montadoras

Leia tudo sobre: montadoras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG