Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Europa estuda medidas coordenadas para sustentar o sistema financeiro

PARIS - Os chefes de Estado e de Governo dos países do Eurogrupo, além do presidente da Comissão Européia, José Manuel Durão Barroso, e do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, se reúnem neste domingo em Paris para coordenar as medidas de apoio ao sistema financeiro mundial perante a crise que atravessa.

EFE |

O objetivo do encontro de Paris passa por abrir a porta a uma nacionalização parcial dos bancos, coordenar as intervenções de cada Estado, garantir os depósitos dos poupadores, garantir os intercâmbios diários entre entidades e controlar as remunerações dos dirigentes, segundo diversos meios de imprensa.

A reunião, que terá como palco o Palácio do Eliseu, será precedida de um encontro entre o presidente francês, Nicolas Sarkozy, que também lidera este semestre a União Européia, e o primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown.

Segundo diversos meios, as medidas que o Eurogrupo adotar podem ir na mesma linha que as adotadas por Londres, que pôs à disposição dos bancos um fundo de 31 bilhões de euros para facilitar os créditos em troca de as entidades permitirem ao Estado vigiar sua gestão e a remuneração de seus dirigentes.

Além disso, o Governo britânico se comprometeu a garantir os intercâmbios bancários para facilitar o funcionamento diário do sistema financeiro.

Os países da zona do euro poderiam acertar medidas similares para enfrentar a crise. Segundo fontes da Presidência francesa, o Eurogrupo apostará por em plano intermediário entre o aprovado nos Estados Unidos e o idealizado por Brown.

A chanceler alemã, Angela Merkel, abriu a porta para a criação de um fundo de ajuda aos bancos e à entrada estatal no capital das entidades mais afetadas pela crise.

Na França já existe um organismo pronto para ajudar os bancos, mas por enquanto não tem atribuição orçamentária, já que Paris considera que suas entidades estão suficientemente capitalizadas.

 

Leia tudo sobre: crise financeira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG