Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Eurogroup discute detalhes, não confirma ajuda à Grécia

BRUXELAS (Reuters) - Os ministros de Finanças da zona do euro entraram em acordo nesta segunda-feira sobre um mecanismo que os permitiria ajudar financeiramente a Grécia caso necessário, mas não revelaram detalhes, afirmando, porém, que a medida não incluiria garantias de empréstimo. O mecanismo seria ativado se a Grécia não fosse capaz de se financiar no mercado, apesar das medidas de austeridade do país.

Reuters |

Os ministros do Eurogroup afirmaram que o mecanismo não daria financiamento à Grécia a taxas médias de juros da zona do euro, mas o objetivo seria fazer o país retonar aos mercados o quanto antes.

"Os estados-membros da zona do euro realizarão uma ação coordenada caso tais ações sejam necessárias. Esclarecemos os planos técnicos... para realizar uma ação coordenada", disse a jornalistas o presidente do Eurogroup, Jean-Claude Juncker.

"A mensagem que estamos mandando aos mercados é que estamos convencidos de que as medidas tomadas pela Grécia têm credibilidade. Mas discutimos sim... as modalidades técnicas", disse Juncker, após reunião.

Os ministros dos 16 países que adotam o euro como moeda afirmaram em comunicado: "Ele (o Eurogroup) esclareceu as modalidades técnicas que possibilitariam a decisão de uma ação coordenada e o que podem ser ativados rapidamente em caso de necessidade".

(Reportagem de Brian Love, Marcin Grajewski e Jan Strupczewski)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG