Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Eurocopter negocia com México e Chile helicópteros como os do Brasil

Paris, 26 dez (EFE).- O fabricante europeu de helicópteros Eurocopter está negociando com alguns países latino-americanos, como o México e Chile, a venda de helicópteros militares de transporte como os comprados esta semana pelo Brasil, onde acontecerá a metade da carga de trabalho para a fabricação.

EFE |

A informação foi dada pelo presidente da Eurocopter, Lutz Bertling, que, em entrevista publicada hoje pelo jornal "Les Echos", disse que tanto o helicóptero vendido ao Exército brasileiro quanto sua versão civil "atende às necessidades de exploração" das plataformas petrolíferas no mar.

Além disso, Bertling disse que, com os aparelhos produzidos pela filial brasileira Helibras, poderão responder melhor a licitações no mundo todo.

Na quarta-feira passada, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o chefe de Estado da França, Nicolas Sarkozy, assinaram contratos bilaterais que, entre outros, permitirão ao Brasil construir cinco submarinos, 50 helicópteros, um estaleiro militar e uma base naval com tecnologia francesa.

O contrato dos helicópteros, de um valor total de 1,9 bilhão de euros, prevê que a Eurocopter realizará no Brasil a metade de sua produção (a outra metade na França), com o que seus efetivos da filial Helibras passarão das 275 pessoas atuais para 600.

Bertling não descartou que, na próxima década, seja lançado um programa franco-brasileiro de helicópteros a partir desta colaboração, e ressaltou as perspectivas "muito grandes" do mercado brasileiro. EFE ac/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG