Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

EUA: texto da declaração do Fed

O texto completo da declaração do Federal Reserve desta quarta-feira, anunciando seu corte da taxa básica de juros em meio ponto percentual, situando-a em 1%:

AFP |

"O Comitê Federal de política monetária decidiu hoje reduzir sua meta de taxa de fundos federais em 50 pontos básicos a 1%.

"O ritmo da atividade econômica parece ter se desacelerado fortemente, principalmente por causa da redução dos gastos de consumo. Os gastos com equipamento das empresas e a produção industrial se debilitaram nos últimos meses, e a desaceleração da atividade econômica em muitas economias estrangeiras está prejudicando as perspectivas das exportações americanas. Além disso, o aumento da instabilidade nos mercados financeiros provavelmente exercerá mais pressões sobre o consumo, em parte limitando ainda mais a capacidade das famílias e empresas para obter crédito.

"Em vista da queda dos preços da energia e de outras matérias-primas e das débeis perspectivas da atividade econômica, o Comitê espera que a inflação se modere nos próximos trimestres a níveis consistentes com a estabilidade de preços.

"As recentes decisões políticas, incluindo a redução de taxas de hoje, as reduções de taxas de juros coordenadas pelos bancos centrais, as medidas extraordinárias de liquidez e as decisões oficiais para fortalecer os sistemas financeiros, devem ajudar com o tempo a melhorar as condições de crédito e favorecer o retorno a um crescimento econômico moderado. Entretanto, os riscos sobre o crescimento se mantêm. O Comitê controlará cuidadosamente a evolução econômica e financeira e tomará decisões quando for necessário para promover um crescimento econômico sustentável e a estabilidade dos preços.

"Votaram a favor da decisão de política monetária do FOMC: Ben S. Bernanke, presidente, Timothy F. Geithner, vice-presidente, Elizabeth A. Duke, Richard W. Fisher, Donald L. Kohn, Randall S. Kroszner, Sandra Pianalto, Charles I. Plosser, Gary H. Stern e Kevin M. Warsh.

"Em uma resolução relacionada, o Conselho de Diretores aprovou unânimemente uma redução de 50 pontos básicos na taxa de redesconto, a 1,25%. Ao tomar esta decisão, o Conselho aprovou propostas submetidas pelo Conselho de Diretores dos bancos do Federal Reserve de Boston, Nova York, Cleveland e São Francisco".

vs/ap

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG