A OMC (Organização Mundial do Comércio) condenou nesta quarta-feira o método de cálculo das margens anti-dumping praticado nos Estados Unidos, depois de uma queixa apresentada pela União Européia (UE), indicou a OMC.

"Os Estados Unidos agiram em contravenção às suas obrigações sobre algumas provisões do Acordo anti-dumping", concluíram os árbitros da OMC.

Eles pediram aos EUA que atuem de acordo com as regras do comércio internacional.

Bruxelas, que apresentou queixa em outubro 2006 na OMC, condena Washington por recorrer a um método de "redução a zero" (zeroing) das margens de dumping calculadas sobre suas importações.

Este método aumenta artificialmente a margem de dumping e portanto as multas por anti-dumping impostas pelos Estados Unidos, segundo a UE.

"Estamos satisfeitos com o julgamento do painel de arbitragem e com a condenação da utilização contínua pelos EUA do método de redução a zero em inúmeras medidas adotadas contra os exportadores da UE", indicou o porta-voz do Comissário europeu do Comércio, Peter Power.

ama/hmn/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.