SÃO PAULO - Os Estados Unidos relembram hoje os ataques ocorridos há sete anos nesta mesma data contra as Torres Gêmeas e o Pentágono com cerimônias em homenagem às vítimas. Os eventos de recordações ganham outro tom uma vez que 2008 é ano eleitoral no país.

O presidente George W. Bush e a primeira-dama Laura Bush fizeram um minuto de silêncio no jardim sul da Casa Branca. Mais tarde, o dirigente americano falou no Pentágono durante evento em que foi inaugurado um monumento comemorativo.

Pesquisa feita pela rede CNN e o Opinion Research Corp. revelou que, sete anos após os ataques, 30% dos americanos acreditam na chance de um atentado em solo americano nas próximas semanas, 11 pontos abaixo do resultado de 2007 e 30 pontos a menos desde o primeiro aniversário de 11 de setembro. Dos entrevistados, 14% pensam na iminência de um atentado na comunidade deles.

O estudo revelou ainda que um em cada dez americanos manifestou que o terrorismo é a questão mais importante na escolha do próximo presidente dos Estados Unidos.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.