Os preços do petróleo recuperaram mais de um dólar nesta quinta-feira em Nova York, depois do fechamento por quinze dias de um oleoduto explorado pelo grupo BP no mar Cáspio, em conseqüência de uma explosão.

Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril de West Texas Intermediate (designação do "light sweet crude" negociado nos EUA) para entrega em setembro terminou a sessão a 120,02 dólares, alta de 1,44 dólares em relação ao fechamento de quarta-feira.

Em Londres, o barril do tipo Brent do mar do Norte para entrega em setembro subiu 86 centavos, terminando a 117,86 dólares.

"O fechamento do oleoduto explorado pela BP é a origem desta recuperação dos preços", resumiu Ellis Eckland, analista independente de Chicago (Illinois, norte).

O oleoduto Baku-Tbilissi-Ceyhan (BTC) permanecerá fechado durante 15 dias. Uma explosão na noite de terça-feira, no leste da Turquia, provocou um incêndio, informou nesta quinta-feira a agência turca Anatolia.

O oleoduto, inaugurado em 2006, transporta o cru do mar Cáspio até o porto turco de Ceyhan, no Mediterrâneo, antes de seguir para os mercados ocidentais. Explorado pelo grupo britânico British Petroleum, possui capacidade máxima de um milhão de barris diários.

A BP anunciou que vai reduzir sua produção na região, a fim de evitar uma saturação de suas instalações, sem informar o nível exato da redução.

"É muito petróleo, e diante do contexto atual esta interrupção freará a queda dos preços registrada nas últimas sessões", destacou Eckland.

lo/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.