Tamanho do texto

O secretário do Tesouro americano, Henry Paulson, declarou nesta quarta-feira que os 700 bilhões de dólares colocados a sua disposição pelo Congresso tinham por objetivo ajudar as instituições financeiras, não as montadoras americanas.

Henry Paulson também anunciou que o governo desistirá de seu plano de compra de ativos não vendáveis dos bancos, estimando que é mais eficaz investir diretamente no capital dessas instituições.

Segundo Paulson, o plano de 700 bilhões de dólares será voltado para dar prosseguimento as injeções de capital nos bancos que precisarem, e que também buscará os meios para ajudar o setor financeiro "não-bancário" dentro do Programa de Ajuda para Ativos em Dificuldades (TARP, sigla em inglês).

"Nas semanas passadas examinamos os benefícios relativos de comprar ativos não vendáveis relacionados com as hipotecas", afirmou.

mj/cn/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.