Tamanho do texto

WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos ofereceram nesta segunda-feira financiamento a investidores privados para ajudar tirar dos bancos até 1 trilhão de dólares em ativos podres que estão bloqueando empréstimos e agravando a recessão norte-americana. Ainda restam questões sobre como os ativos serão precificados. Inicialmente, o Tesouro vai colocar 75 bilhões a 100 bilhões de dólares para lançar as parcerias, tirando dinheiro do pacote de resgate de 700 bilhões de dólares aprovado pelo Congresso em outubro, segundo informou uma autoridade do governo.

O dinheiro do governo será colocado lado a lado com capital privado e então alavancado a até 500 bilhões de dólares, ou possivelmente o dobro desse valor, com a ajuda do Federal Deposit Insurance Corp, um regulador bancário norte-americano, e do Federal Reserve.

O secretário do Tesouro, Timothy Geithner, escreveu no Wall Street Journal desta segunda-feira ser necessário fazer algo para limpar os bancos e retomar o fluxo de empréstimos.

Geithner explicará o plano em discurso às 9h45 (horário de Brasília).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.