Washington - Neel Kashkari, secretário Adjunto para Economia e Desenvolvimento Internacional do Tesouro dos Estados Unidos, dirigirá o programa de resgate de US$ 700 bilhões em ajuda aos bancos, informou nesta segunda-feira o governo americano.

Kashkari, um ex-executivo do banco Goldman Sachs de apenas 35 anos, será o chefe interino do Escritório de Estabilidade Financeira, criada especificamente para colocar em prática o plano, aprovado na semana passada pelo Congresso.

O novo secretário adjunto foi recrutado em 2006 para trabalhar no departamento do Tesouro por Henry Paulson, que era o executivo-chefe do Goldman Sachs antes de ir para Washington.

O Tesouro americano informou ainda que dada a urgência da crise financeira, contratará algumas empresas, para pôr o plano em prática, sem todos os trâmites de licitação que são comuns.

Está prevista a designação de diferentes agentes que tenham experiência em diferentes segmentos do mercado hipotecário, em vez de um só gerente do programa.

Mais notícias

Para saber mais

Serviço 

Opinião

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.