Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

EUA não são os únicos responsáveis pela crise, diz Paulson

SÃO PAULO - Se preparando para possíveis e prováveis ataques durante a reunião do G-20, marcada para o próximo final de semana em Washington, o secretário do Tesouro norte-americano, Henry Paulson, tentou nesta quarta-feira tirar a responsabilidade total a crise dos Estados Unidos. Presidentes das 20 maiores economias do mundo estarão nos EUA neste sábado para tratar da atual crise financeira internacional.

Valor Online |

 

"Durante alguns anos, os persistentes e crescentes desequilíbrios globais serviram de combustível para o crescimento dramático dos fluxos de capital, para taxas de juros baixas, tomada excessiva de risco e uma busca global por retorno. Esses excessos não podem ser atribuídos a uma única nação", disse Paulson.

Na visão dele, não há dúvida de que o "baixo nível de poupança nos EUA é um fator significativo" para o problema, "mas a falta de consumo e a acumulação de reservas na Ásia e nos países exportadores de petróleo, e questões estruturais na Europa também alimentaram os desequilíbrios".

Para Paulson, os chefes de estado que se reunirão ao longo do final de semana em Washington devem não apenas atentar para questões regulatórias sobre o mercado de derivativos e sobre a maior troca de informação entre os agentes reguladores nacionais sobre transações globais, mas também precisam se preocupar com o que ele considera como a raíz do problema atual, que seriam esse desequilíbrios financeiros entre os países.

"Se nós apenas cuidarmos de questões regulatórias específicas - ainda que sejam críticas -, mas sem atentar para os desequilíbrios globais que alimentaram os recentes excessos, estaremos perdendo uma oportunidade de melhorar dramaticamente as bases para a vitalidade do mercado global e da economia para o futuro", diz ele. Se isso não for feito, acredita, a crise pode se repetir no futuro.

Para saber mais

 

Serviço 

 

Opinião

Leia tudo sobre: crise financeira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG