Washington, 13 out (EFE) - Os Estados Unidos investirão até US$ 250 bilhões para comprar ações de bancos do país, em uma tentativa de estabilizar o setor financeiro e de oferecer às instituições uma liquidez necessária, informou hoje a imprensa local.

O Departamento do Tesouro americano também deve anunciar uma garantia de três anos para os novos empréstimos interbancários.

Além disso, a Corporação Federal de Seguro de Depósito (FDIC, em inglês) oferecerá uma garantia ilimitada para os depósitos bancários das contas que não oferecem juros, geralmente as das empresas, uma medida similar à adotada pelos países europeus, segundo o "Times".

O secretário do Tesouro americano, Henry Paulson, teria anunciado os detalhes do plano durante a reunião que manteve hoje com os nove principais bancos do país, assegura o "The New York Times ", que cita fontes não identificadas.

As medidas fazem parte do plano de resgate de US$ 700 bilhões aprovado recentemente pelo Congresso americano e acontecem depois que os 15 primeiros-ministros e presidentes da zona do euro adotaram no domingo ações similares.

O anúncio deve ser feito em entrevista coletiva convocada para o início da manhã de terça-feira, à qual assistirão Paulson, o presidente do Federal Reserve (Fed, banco central americano), Ben Bernanke, e outros altos funcionários do país. EFE elv/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.