Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

EUA expressam satisfação com acordo entre Rússia e Ucrânia sobre gás

Washington, 12 jan (EFE).- O Governo dos Estados Unidos celebrou hoje o acordo alcançado pelos 27 países-membros da União Européia (UE) com a Rússia e a Ucrânia para restabelecer o fornecimento de gás em direção ao bloco.

EFE |

O porta-voz do Departamento de Estado americano, Sean McCormack, disse em comunicado que os Estados Unidos recebem com "satisfação" o acordo negociado pela Presidência tcheca da UE para permitir o restabelecimento dos fluxos de gás aos clientes europeus e dar uma "maior transparência" à rota de passagem.

Rússia e Ucrânia fecharam hoje um convênio com a UE para que observadores europeus, russos e ucranianos supervisionem os pontos chaves de passagem do gás, depois que Moscou suspendeu a provisão em direção à Europa por não chegar a um acordo com as tarifas.

Os Estados Unidos fizeram um apelo à Rússia "para restabelecer os fluxos de gás imediatamente" e pediu a Moscou e Kiev "para concluir rapidamente um acordo sobre a venda e o trânsito do gás".

A crise esteve motivada por uma disputa comercial pelo preço do gás e as tarifas de passagem para 2009 que levou o consórcio russo Gazprom a interromper o fornecimento em direção à Ucrânia, ponto chave de quebra em direção à Europa.

Os países da UE foram os principais afetados, já que importam da Rússia 25% do gás que consomem e, desse total, 80% o recebem através de território ucraniano.

Este incidente, disse McCormack, "ressalta mais uma vez a importância de diversificar as provisões de gás natural e sua transparência". EFE elv/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG