SÃO PAULO - O presidente americano George W. Bush encorajou os americanos a ter confiança na economia durante este período de turbulência e avisou que sua administração tem as ferramentas necessárias para restabelecer a ordem nos mercados financeiros tumultuados e resolver a crise.

Em discurso nesta sexta-feira, o dirigente dos Estados Unidos reiterou que as medidas recentes tomadas pelo Federal Reserve (Fed) e o Departamento do Tesouro do país, como injeções de recursos no sistema e o pacote de resgate do setor financeiro, vão ajudar na recuperação dos mercados.

"Aqui está o que o povo americano precisa saber: o governo dos Estados Unidos está atuando e continuará a agir para resolver esta crise para retornar a estabilidade em nossos mercados", declarou.

Sobre o pacote de US$ 700 bilhões aprovado pelo Congresso americanos para socorrer bancos, Bush avaliou como "grande o suficiente para funcionar". O plano autoriza o Tesouro para comprar ativos podres de empresas do setor financeiro.

O mandatário americano comentou ainda que o governo começou a tomar iniciativas para os proprietários de imóveis refinanciarem suas hipotecas. Além disso, avisou que seu governo está coordenados esforços com outros países. "Esta é uma época de ansiedade, mas os americanos podem estar confiantes no futuro de nossa economia", salientou.

A rede de notícias CNN reportou que, desde 15 de setembro, quando houve o colapso do banco de investimentos Lehman Brothers, Bush se pronunciou 27 vezes sobre a situação financeira americana, por meio de comunicados escritos ou declarações por rádio ou na frente da TV.

(Juliana Cardoso | Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.