Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

EUA dispostos a nova colaboração contra a fome

Os Estados Unidos são favoráveis a uma nova colaboração com outros países, a ONU e as ONGs para lutar contra a fome no mundo, declarou a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, em uma mensagem de vídeo na abertura de uma reunião internacional em Madri.

AFP |

"A insegurança alimentar e os preços elevados dos alimentos ameaçam a prosperidade e a segurança de muitos países em desenvolvimento", destacou Hillary em uma mensagem exibida na abertura da reunião "Segurança alimentar para todos", que é celebrada em Madri sob a mediação da ONU.

"Nos comprometemos a desenvolver uma nova colaboração com os países doadores, os países em desenvolvimento, as agências da ONU, as ONGs, o setor privado e o terceiro setor, para coordenar melhor as políticas para alcançar as Metas do Milênio", declarou a secretária de Estado.

As Metas do Milênio, decididas em 2000 pela ONU, tinha por objetivo reduzir à metade até 2015 (em comparação com os anos 90) a proporção dos que vivem com menos de um dólar ao dia e dos que passam fome no mundo.

Os países membros da FAO (agência da ONU para a Alimentação e a Agricultura) também haviam se comprometido, na reunião de cúpula de Roma em junho de 2008, a reduzir até 2015 o número de pessoas que passam fome.

Os representantes de 95 países reunidos nesta segunda-feira e na terça-feira em Madri pretendem concretizar os compromissos da reunião de Roma.

ds-ot/fp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG