A ajuda federal anunciada nesta sexta-feira para os grandes construtores americanos será de 9,4 bilhões de dólares para a General Motors e 4 bilhões de dólares para a Chrysler; outros 4 bilhões suplementares serão encaminhados em fevereiro à GM, mas sob condições, precisou a Casa Branca.

lal/cel/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.