O corte de empregos no setor privado dos Estados Unidos desacelerou levemente em janeiro. O resultado foi divulgado ontem em relatório da ADP Employer Services, empresa que processa folha de pagamentos, e foi um pouco menor que as expectativas dos economistas.

A ADP informou que os empregadores privados reduziram 522 mil postos de trabalho em janeiro, ante um número revisado de 659 mil em dezembro. A leitura inicial de dezembro era de redução de 693 mil. Economistas previam um baixa de 530 mil empregos em janeiro. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.