Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

EUA: Atividade manufatureira em setembro atinge nível mais baixo desde 2001

Nova York, 1 out (EFE).- A atividade do setor manufatureiro nos Estados Unidos se contraiu em setembro mais do que o previsto, e está no nível mais baixo dos últimos sete anos, segundo dados do Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM, em inglês) divulgados hoje.

EFE |

O índice de atividade elabora por esse órgão de análise ficou em 43,5 pontos no mês passado, comparado aos 49,9 pontos do mês anterior e os 49,5 que os economistas esperavam.

Um registro superior a 50 pontos sugere que a atividade em geral cresce no setor e, abaixo desse nível, reflete uma contração.

Norbert Ore, economista do ISM, disse em comunicado à imprensa que a pesquisa mensal constata uma queda mais acelerada da atividade no mês passado, e o índice está agora no nível mais baixo desde outubro de 2001.

Acrescentou que os preços aumentaram a um ritmo mais lento do que em meses anteriores e as exportações estão subindo, embora mais devagar que em agosto.

O subíndice correspondente a novos pedidos às empresas caiu para 38,8 pontos, frente aos 48,3 pontos de agosto, e o relativo a exportações caiu 52 pontos em setembro, diante dos 57 pontos do mês anterior.

Sobre o emprego no setor, o índice que mede essa variável ficou em 41,8 pontos, frente aos 49,7 pontos de agosto, enquanto o relativo aos preços pagos pelos fabricantes por bens e serviços ficou em 53,5 pontos, comparado aos 77 pontos de agosto. EFE vm/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG