Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

EUA: alta surpresa das vendas do varejo após seis meses de queda

As vendas do varejo aumentaram 1% em janeiro, em relação a dezembro, nos Estados Unidos, após seis meses de queda, segundo dados corrigidos pelas variações sazonais e publicados nesta quinta-feira pelo departamento de Comércio em Washington.

AFP |

Esta alta é a mais forte desde novembro de 2007, último mês antes do início oficial da recessão americana.

Os analistas esperavam um novo recuo do indicador, apostando numa queda de 0,8%.

As vendas do comércio varejista em janeiro foram, no entanto, 9,7% inferiores ao mesmo mês de 2008, indicou o ministério.

A queda de dezembro foi revisada para 3,0% (contra os 2,7% inicialmente anunciados) e as de novembro a 2,4% (contra 2,5%), indicou o ministério, acrescentando que no trimestre que vai de novembro a janeiro, as vendas no varejo recuaram 9,5% ao ano.

De qualquer forma, a alta de janeiro é animadora para a economia americana, principalmente no contexto de deflação atual.

Sem a alimentação, as vendas do varejo aumentaram em janeiro 1,1% em relação a dezembro, mas continuam em baixa de 11,0% em um ano.

Sem contar as vendas de automóveis, que derrubaram o índice durante vários meses, as vendas de varejo aumentaram em janeiro 0,9% em relação ao mês anterior, após uma queda de 3,2% em dezembro.

mj/lm/fp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG