Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

EUA: ajuda do Estado americano à AIG passa a mais de US$ 150 bi

As autoridades federais americanas anunciaram nesta segunda-feira que a ajuda concedida à seguradora AIG, cuja situação não melhorou desde que o Estado saiu em seu socorro em setembro, passou a mais de 150 bilhões de dólares.

AFP |

O departamento do Tesouro e o Federal Reserve (Fed) anunciaram uma reestruturação da ajuda aprovada até agora à AIG, sociedade que o Estado americano considera muito grande para falir sem afetar o conjunto do sistema financeiro.

Nos termos deste novo programa, o Estado vai comprar por 40 bilhões de dólares ações prioritárias da seguradora.

Esta transação será feita dentro da lei de estabilização econômica de urgência promulgada no início de outubro, mas é independente do plano pelo qual o Estado pretende injetar 25O bilhões de dólares no capital dos bancos em troca de uma participação minoritária, indicou um responsável do Tesouro.

O Fed, que havia emprestado inicialmente 85 bilhões de dólares à AIG, vai reduzir este empréstimo a 60 bilhões de dólares.

O banco central vai criar duas novas facilidades. Uma permitirá comprar contratos da seguradora contra o risco de crédito (CDS) no valor de 30 bilhões de dólares, e outro garantirá a compra de títulos da dúvida da empresa até 22,5 bilhões de dólares.

A reestruturação desta ajuda aumenta o total dos fundos mobilizados pelo Estado para salvar a AIG a 152,5 bilhões de dólares.

A AIG anunciou nesta segunda-feira uma perda líquida colossal de 24,5 bilhões de dólares no terceiro trimestre

mj/lm

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG