Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

EUA acrescentam cinco entidades do Irã à lista negra de empresas

Washington, 12 ago (EFE) - O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos anunciou hoje sanções econômicas contra cinco entidades que, segundo a Administração de George W. Bush, têm ligações com o programa nuclear do Irã.

EFE |

As entidades adicionadas hoje à lista são o Centro de Pesquisa Nuclear para Agricultura e Medicina (conhecido como Centro de Pesquisa Nuclear de Karaj), o Centro Esfahan de Pesquisa e Produção de Combustível Nuclear e as empresas Jabber Ibn Hayan, Safety Equipment Procurement Company e Joza Industrial Company.

"O Irã usou estas cinco entidades nucleares e de mísseis para ocultar sua conduta ilícita e para avançar em suas perigosas ambições nucleares", disse Stuart Levey, subsecretário do Tesouro para Terrorismo e Inteligência Financeira.

"As instituições e empresas financeiras responsáveis de todo o mundo adotam medidas para evitar os negócios com entidades nucleares e de mísseis do Irã, e também com as companhias de fachada que o regime iraniano utiliza para disfarçar suas atividades", acrescentou o funcionário.

As sanções proíbem todas as transações entre as empresas e entidades nomeadas e qualquer pessoa ou empresa dos Estados Unidos, e congelam qualquer ativo que as entidades nomeadas tenham em jurisdição americana.

Segundo o Governo dos Estados Unidos, as empresas, entidades e pessoas incluídas até agora em sua lista de sanções atuam em nome da Organização de Energia Atômica do Irã.

Em junho de 2005 o presidente George W. Bush qualificou essa agência como a principal organização de pesquisa e desenvolvimento nuclear iraniana, e indicou que suas atividades poderiam estar voltadas à produção de armamento. EFE jab/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG