Americanos questionam suposta discriminação a siderúrgicas e empresas de cartão de crédito no país asiático

selo

Os Estados Unidos abriram duas novas ações contra a China na Organização Mundial do Comércio (OMC), argumentando que o país asiático está discriminando as siderúrgicas e as companhias de cartão de crédito norte-americanas. A medida ocorre em meio a um aumento na tensão entre os dois países no âmbito comercial e numa semana em que o Congresso dos EUA realiza audiências para debater a política cambial chinesa.

"Estamos preocupados com a possibilidade de a China romper seus compromissos comerciais com os EUA e outros parceiros da OMC, tanto por meio do favorecimento de suas companhias estatais de serviços financeiros e da exclusão das empresas de cartões de crédito e de débito americanas quanto pela manipulação de investigações para medidas comerciais reparatórias, a fim de restringir injustamente as exportações americanas de aço", afirmou o representante de Comércio Exterior dos EUA, Ron Kirk, em um comunicado. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.