Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Etihad Airways anuncia compra de 100 aviões, a valor estimado de US$ 20,45 bilhões

SÃO PAULO - A Etihad Airways, dos Emirados Árabes Unidos (EAU), fechou o primeiro dia do Airshow de Farnborough (Inglaterra), com pedidos para 100 aeronaves, com valor total estimado em US$ 20,45 bilhões. Após gastar US$ 9,4 bilhões em 45 aeronaves da norte-americana Boeing, a empresa adquiriu outros 55 da rival européia Airbus, por US$ 11,05 bilhões.

Valor Online |

No total, a Etihad comprou 20 unidades do A320, 25 do jato A350XWB e 10 do superjumbo A380, fechando os maiores contratos do início da feira aérea inglesa, uma das mais importantes de todo o mundo.

Como no caso da Boeing, a assinatura do contrato feita pelo executivo-chefe da Etihad, James Hogan, contou com a presença do principal executivo da fabricante: o presidente e executivo-chefe da Airbus, Tom Enders.

A nova geração de aviões da Airbus que pedimos estão entre as mais eficientes no uso de combustíveis e vai ajudar a manter a frota da Etihad como uma das mais jovens e menos poluentes nos céus, disse Hogan, repetindo o que havia dito no mesmo dia ao fechar a compra de 45 aviões da rival Boeing.

Atualmente, há 30 aeronaves de passageiros da Airbus na frota da Etihad, com mais 17 pedidos ainda não entregues. Além disso, a empresa ainda tem dois aviões cargueiros da fabricante européia.

Estamos muito satisfeitos que a parceria entre a Airbus e a Etihad Airways continua a crescer. Ao selecionar e pedir o A350, a Etihad terá aviões de todas as famílias de produtos da Airbus, disse Enders. Os pedidos adicionais para o A380 demonstram a confiança que a empresa coloca nesse produto único, acrescentou.

(José Sergio Osse | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG