Estoques do atacado norte-americano subiram 0,5% em maio, refletindo movimento de reconstrução dos estoques de máquinas e bens

Os estoques do atacado norte-americano subiram 0,5% em maio, refletindo um movimento de reconstrução dos estoques de maquinários e de bens duráveis, ao mesmo tempo que as vendas registraram sua primeira queda em 14 meses. A alta ficou em linha com a previsão dos economistas. Os estoques atingiram US$ 398,81 bilhões em maio, em termos sazonalmente ajustados, informou o Departamento de Comércio, seguindo-se a uma elevação de 0,2% em abril - dado revisado de alta de 0,4%.

As vendas do atacado caíram 0,3% em maio, para US$ 350,65 bilhões, em termos sazonalmente ajustados, após alta de 0,9% - revisada de aumento de 0,7%. A relação entre o nível dos estoques e o ritmo das vendas subiu em maio para 1,14, de recorde de baixa de 1,13 em abril. Em comparação a maio do ano passado, os estoques caíram 2,1%, enquanto as vendas cresceram 15,1%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.