Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Estímulo a produto americano pode custar empregos, diz estudo

Por Doug Palmer WASHINGTON (Reuters) - Medidas de estímulo ao consumo de produtos norte-americanos que constam no pacote econômico em tramitação no Congresso podem criar apenas mil novos empregos no setor siderúrgico, mas levariam ao fechamento de até 65 mil vagas em diversos outros setores, segundo um estudo divulgado na terça-feira.

Reuters |

"O impacto negativo sobre os empregos por causa de retaliações estrangeiras contra as mediadas 'Compre Americano' poderiam facilmente se sobrepor ao impacto negativo das medidas sobre os empregos no setor metalúrgico e siderúrgico dos EUA e em outros setores", disse o relatório assinado por Gary Hufbauer e Jeffrey Schott, do Instituto Peterson para a Economia Internacional.

O texto em discussão no Senado prevê, por exemplo, que obras públicas incluídas no pacote só poderão usar aço, ferro e produtos industrializados que foram fabricados nos EUA.

Uma medida semelhante já havia sido aprovada na semana passada na Câmara, gerando preocupações entre parceiros comerciais dos EUA sobre o risco de protecionismo.

A Casa Branca disse na terça-feira, após queixas de Canadá e União Europeia, que o presidente Barack Obama ainda está avaliando a medida de estímulo à indústria nacional. O líder democrata na Câmara, Steny Hoyer, disse que as preocupações dos estrangeiros são "justificadas".

(Reportagem adicional de Susan Cornwell em Washington e Louise Egan em Ottawa)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG