SÃO PAULO - Os analistas consultados pelo Banco Central (BC) elevaram a estimativa para a inflação em 2009. Consta do Boletim Focus divulgado nesta segunda-feira, a perspectiva de que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) se situe em 4,73% este ano.

No relatório antecedente, a projeção correspondia a 4,60%. Com isso, a projeção do mercado volta a distanciar-se do centro da meta de inflação estipulada pelo governo, de 4,5%.

Quanto a 2010, as previsões para o IPCA continuam ancoradas em 4,50%. Este percentual mão sofre mudança há 36 semanas.

O relatório Focus, que compila as previsões de analistas de cem instituições financeiras e consultorias, contempla ainda expectativas maiores para o IGP-DI e IPC-Fipe, de 4,63% e 4,53%, respectivamente. No documento antecedente, esses percentuais correspondiam a 4,49% e 4,50%. No IGP-M, foi reforçado o prognóstico de 4,24% de elevação.

Para fevereiro deste ano, os agentes reviram para cima as estimativas referentes ao IPCA e IGP-DI, que foram a 0,55% e 0,22%, na ordem. Antes, as previsões davam conta de avanço de 0,53% e 0,20% para cada um desses indicadores inflacionários. A perspectiva é de IGP-M a 0,21%, pouco acima da taxa estimada antes, de 0,20%. Quanto ao IPC-Fipe, a expectativa é de alta de 0,35% em vez de 0,39%.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.