Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Estimativa para IPCA em 2008 é modificada para baixo, para 6,54%

SÃO PAULO - Os analistas consultados pelo Banco Central (BC) alteraram para baixo sua expectativa para o índice oficial de inflação deste ano. Pela primeira vez após 18 semanas, a estimativa é de que o IPCA aumente 6,54% em 2008. No Boletim Focus anterior, o percentual aguardado correspondia a 6,58%.

Valor Online |

De qualquer forma, a previsão para a variação do indicador segue acima do teto da meta estimada pelo governo para este calendário (6,5%). O centro da meta é de 4,5%, com margem de tolerância de 2 pontos percentuais para cima ou para baixo. Para o IPCA em 2009, foi conservado o prognóstico em 5% pela terceira semana seguida.

Foram revistos para baixo as projeções relativas aos demais indicadores inflacionários de 2008 - o IGP-DI deve crescer 12,13% em vez de 12,18%. O IGP-M deve subir 12% e não 12,04% e o IPC da Fipe deve ter alta de 6,53%, menos intensa do que os 6,69% aguardados antes.

Para agosto, foi mantida a perspectiva de elevação de 0,45% para o IPCA. No caso do IGP-DI, o prognóstico é de avanço de 0,76% contra o 0,80% estimado anteriormente. No IGP-M, a previsão é de acréscimo de 0,80%, ou 0,10 ponto percentual abaixo da estimativa passada. Para o IPC da Fipe, contempla-se expansão de 0,45% contra o 0,48% do levantamento antecedente.

Sobre o mês passado, as expectativas para o IGP-DI e IPC da Fipe ficaram inalteradas em 1,47% e 0,55%, respectivamente. A perspectiva é de que o IPCA cresça 0,60% em julho perante o 0,61% calculado antes para o mesmo período.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG