Tamanho do texto

São Paulo - A produção recorde de grãos na safra 2009/10 está confirmada no levantamento de junho da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgado hoje. O Brasil vai produzir 146,92 milhões de toneladas de grãos, com aumento de 51,5 mil toneladas ante o recorde anunciado no mês passado.

São Paulo - A produção recorde de grãos na safra 2009/10 está confirmada no levantamento de junho da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgado hoje. O Brasil vai produzir 146,92 milhões de toneladas de grãos, com aumento de 51,5 mil toneladas ante o recorde anunciado no mês passado. O resultado da pesquisa deste mês é 1,93% maior do que o recorde anterior de 144,14 milhões de toneladas, obtido na safra 2007/08, e 8,7% superior às 135,13 milhões de toneladas da safra 2008/09. Conforme comunicado da Conab, além do bom regime de chuva nas áreas de maior produção, contribuíram para o aumento a boa produtividade do milho primeira safra nos Estados do Paraná e Goiás, a evolução na área do milho segunda safra e o plantio da soja em Mato Grosso. A produção de soja deve alcançar 68,7 milhões de toneladas, alta de 20,2% ou 11,5 milhões de toneladas a mais do que na safra anterior. Para o milho segunda safra, o crescimento previsto é de 11,9%, com um total de 19,41 milhões de toneladas. A produção total do cereal deverá atingir 53,46 milhões de toneladas, somadas a primeira e a segunda safras, com ganho de 4,8% em relação ao período passado. O porcentual equivale a aumento de 2,46 milhões de toneladas. No Centro-Sul, já foram colhidos 98% do milho primeira safra, enquanto, no País, a situação é de 69% para o grão primeira safra e de 76% para o arroz. Todo o feijão primeira safra foi colhido e a segunda encontra-se em fase final. Os técnicos da Conab foram a campo e ouviram representantes de cooperativas e sindicatos rurais, órgãos públicos e privados em todos os Estados, no período de 17 a 22 de maio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.