Tamanho do texto

Miami, 29 dez (EFE).- Uma estátua avaliada em mais de US$ 10.

000 foi roubada da residência na Flórida do megainvestidor Bernard Madoff, acusado de armar a maior fraude na história de Wall Street, informou hoje a rede de televisão "CNN".

O sargento Richard Sorge, da Polícia do condado de Palm Beach, ao norte de Miami, disse que a estátua foi roubada no último dia 19.

A peça, de mais de um metro de altura, ficava na piscina da casa e foi levada oito dias depois de o investidor ser detido em Nova York pelo esquema, que deixou prejuízos de aproximadamente US$ 50 bilhões.

Ainda não foi descoberta nenhuma pista sobre o roubo.

Madoff, de 70 anos, detido em seu apartamento em Manhattan. As propriedades do mega investidor e de sua esposa, incluindo a casa de Palm Beach, foram usadas como garantias para o pagamento de uma fiança de US$ 10 milhões. EFE sob/dp