O governo federal dos Estados Unidos terá uma necessidade sem precedentes de financiamento para o ano fiscal iniciado em outubro, devido a inúmeras medidas adotadas para sustentar a economia do país, declarou nesta terça-feira um funcionário de alto escalão do Tesouro.

Por mais que estas medidas tenham sido levadas em conta no déficit orçamentário de 482 bilhões de dólares previsto pelas autoridades para 2008-2009, a soma deve ser "afetada" pela "degradação potencial das condições econômicas", acrescentou este funcionário, Anthony Ryan, secretário adjunto do Tesouro encarregado interinamente dos assuntos financeiros internos.

Ryan expressou essa opinião em discurso em Nova York ante a Associação de Mercados Financeiros e Corretores (SIFMA), com texto divulgado para a imprensa. Ryan falou em nome do secretário do Tesouro, Henry Paulson.

Ryan anunciou também que o Tesouro começará a entregar ainda hoje os 125 bilhões de dólares destinados a recapitalizar os nove maiores bancos americanos.

"Demos a ordem de repassar os fundos a estas instituições a partir de hoje", declarou.

mj/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.