SÃO PAULO - A rede de ensino Estácio Participações e dois de seus acionistas pretendem fazer uma oferta pública primária e secundária de ações ordinárias da empresa. O pedido da companhia e dos acionistas João Uchôa Cavalcanti Netto e Monique Uchôa Cavalcanti de Vasconcelos foi encaminhado hoje à Anbima.

Serão oferecidas 32.803.240 ações ordinárias já em poder dos vendedores. Caso haja demanda pelo lote suplementar, a Estácio emitirá até 3.280.324 papéis para serem colocados nas mesmas condições. Nesse caso, serão vendidas ao todo pouco mais de 36 milhões de ações ordinárias. O preço de venda dos papéis será fixado após a coleta de intenções de investimento (bookbuilding) e considerando também as condições de mercado. Ontem, as ações fecharam o pregão na Bolsa de Valores de São Paulo cotadas a R$ 21,70. (Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.